Queimadas na Amazônia estão abaixo da média, diz NASA

A Agência Espacial dos Estados Unidos (NASA) divulgou uma foto que mostra a concentração de queimadas nos estados de Rondônia e Amazonas, na Região Norte do país.

Na imagem, a maior floresta tropical do mundo é consumida pelas chamas. Os dados detalham que os incêndios se concentram em locais onde a mata foi devastada para a criação de pastos.

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), foram registrados 72.843 incêndios este ano no Brasil.

Mas o número não é realmente alarmante. De acordo com a NASA, “a partir de 16 de agosto de 2019, observações por satélite indicaram que a atividade total de incêndio na bacia amazônica estava ligeiramente abaixo da média em comparação com os últimos 15 anos.”

Já nesta quarta-feira (21), em mensagem no perfil oficial da NASA no Twitter, a agência afirmou que “embora seja estação de fogo no Brasil, o número de incêndios pode ser recorde”. Nenhuma estatística foi apresentada para embasar a suposição.

Nas redes sociais, um alto número de informações falsas segue sendo compartilhado com o objetivo de danificar a imagem do Brasil no que diz respeito ao trabalho de conversação da maior floresta tropical do planeta.

Não resta dúvidas de que a Amazônia brasileira está sendo alvo de uma campanha de desinformação promovida por ativistas ambientais e veículos de imprensa.