Preso há 1 ano, ex-presidente continua comandando o PT

Um ano após a sua prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o ex-presidente  Lula continua comandando o PT.

Mesmo preso, Lula teve forte influência nas eleições de 2018. Ele conseguiu lançar a candidatura do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad à Presidência.

A ordem agora emitida pelo ex-presidente é que o PT deve deixar para o segundo semestre as discussões sobre a escolha da próxima direção partidária, que será em novembro, e focar na reforma da Previdência e fortalecer a atuação como oposição ao governo Bolsonaro.

No momento as ações do petista se arrastam na Justiça. Prestes a ter um recurso julgado no STJ (Superior Tribunal de Justiça), ele mantém a expectativa de ir para a prisão domiciliar, mas sofre com as finanças deterioradas.

Lula já gastou entre R$ 4 milhões e R$ 5 milhões na tentativa de sair da cadeia.