Polícia prende suspeito de pedofilia na USP e faculdade reclama da polícia

O Ministério da Justiça e as polícias civis de 26 estados deflagraram a 4ª fase da Operação Luz na Infância, que apura crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet. Ao todo, foram presas 141 pessoas, entre eles estava um aluno da USP, do departamento de Humanas, a FFLCH. O “estudante” foi preso ainda em sala de aula.

Porém, o que chamou a atenção foi à nota emitida pelo departamento de Humanas, que se incomodou mais com a atuação da Polícia Civil dentro do campo do que ter um pedófilo entre os seus estudantes.

Nota completa:

A Revista Época teve uma atitude semelhante ao da FFLCH: