PDT manobra para  se dissociar do PT cada dia mais

Apesar do governador Flávio Dino (PCdoB) negar que exista uma manobra para que os partidos de esquerda excluam o PT, a cada dia os sinais e os movimentos deixam clara a estratégia. O PDT, por exemplo, negocia uma posição de destaque na Mesa Diretoria para declarar seu apoio à presidência da Câmara Federal.

De acordo com informações publicadas na Revista Época, para o partido é essencial ter um cargo de destaque na Casa para que seu bloco (formado junto com PCdoB, PSB e Rede) consiga ter sucesso na estratégia de se dissociar do PT. Sem esse protagonismo, acreditam que continuarão relegados ao segundo plano de oposição.

Portanto, a fritura ao partido do ex-presidente Lula continua.