Os cães ladram e o PIB sobe

O PIB do Brasil no segundo trimestre foi o dobro do esperado. 0,4% ainda é pouco, mas longe da recessão técnica que tanto alardearam. Nas últimas semanas vimos matérias absurdas dizendo que o “liberalismo não fez efeito”, como se algumas poucas medidas fizessem milagre depois de 16 anos de ingerências.

Pra quem torce contra, resta se focar na alta do dólar, que subiu com força por conta do cenário externo com guerra comercial entre China e EUA, Argentina e um temor de recessão global.

É claro que a turma do “não como PIB” vai tentar se apegar nesse fator pra justificar que tirar o PT não foi suficiente, mas a verdade é que apesar dos pesares, estamos caminhando para um destino muito mais positivo do que antes.

Não vai ser fácil, ninguém disse que seria. Mas antes a maluquice do Bolsonaro com uma equipe econômica realmente competente, que a aparente polidez daqueles que assaltaram o pais e hoje se fazem de desentendidos.

Os cães ladram e a caravana passa.