O machismo escancarado de Ciro Gomes

Durante a 16ª Marcha dos Vereadores em Brasília, Ciro Gomes disse:

“Se vocês deixarem, vão me derrubar. [Mas] Não vai ser fácil, não, porque não sou a Dilma [Rousseff], sou do ramo. Tu acha que um marginal como Eduardo Cunha me derrubaria? É preciso ser muito mais homem do que eu para me derrubar”, declarou o presidenciável do PDT.

Isso é o que a esquerda costuma classificar de machismo, mas como foi dito por um dos políticos deles irá passar batido.