Marcos Pontes não quer privatizar Correios, afirma secretário

Em entrevista concedida para a revista Veja, divulgada nesta sexta-feira (29), o secretário de privatizações do governo Jair Bolsonaro, Salim Mattar, afirmou que existem resistências a privatizações dentro do governo. Salim citou que o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, se mostrar resistente a privatizações de suas companhias, entre elas, os Correios.

O secretário de privatizações disse ainda que Pontes “tem cinco estatais (Correios, Correiospar, Telebras, Finep e Ceitec) e não quer privatizar nenhuma delas”

Salim Mattar, secretário de privatizações.

Salim Mattar, secretário de privatizações.

Salim Mattar afirmou que está frustrado por causa de recuos na privatização de algumas companhias, inclusive vindas do próprio presidente. Uma delas é EBC (Empresa Brasil de Comunicação), rede de televisão governamental.

Salim afirmou que se considera quase um “libertário” e que, antes das privatizações começarem a ocorrer, vai haver um esforço de valorizar as companhias.