Lula recebeu 572 visitas em seis meses na prisão

Lula cumpre pena no prédio da Polícia Federal em Curitiba-PR

Luiz Inácio Lula da Silva recebeu em seis meses de prisão 572 visitas em sua cela especial montada na Polícia Federal em Curitiba – o berço da Operação Lava Jato. A maioria feita pelos advogados com procuração para defender juridicamente o ex-presidente, entre eles, políticos como o candidato derrotado do PT à Presidência da República, Fernando Haddad – que não atua nos processos contra o ex-presidente.

A nomeação de políticos aliados como defensores permitiu ao ex-presidente comandar o PT e a campanha de Haddad da prisão – onde cumpre pena de 12 anos e um mês desde o dia 7 de abril. Além do candidato, a presidente do partido, Gleisi Hoffmann, o tesoureiro, Emídio de Souza, e outros três partidários, o deputado Wadih Damous e os ex-deputados Luiz Eduardo Greenhalgh e Luiz Sigmaringa Seixas, receberam procuração.