Jornalista americano preso em Caracas é libertado

O jornalista americano Cody Weddle foi libertado. Ele estava detido desde quarta-feira (6), em Caracas, por membros do serviço de Inteligência militar venezuelana, permanecendo sob custódia por mais de 12 horas, o que gerou manifestações em Washington.

O Sindicato Nacional de Trabalhadores da Imprensa (SNTP) destacou no Twitter que Cody, de 29 anos, “foi levado ao aeroporto internacional Simón Bolívar para ser deportado”.

O SNTP informou ainda que o serviço de Inteligência da Venezuela foi à residência de Weddle em Caracas por volta das 8h desta quarta-feira, levando-o detido e confiscando seu equipamento de trabalho.

A prisão do jornalista americano coincide com o anúncio dos Estados Unidos, nesta quarta (6), que revogará os vistos de 77 venezuelanos próximos ao ditador Nicolás Maduro.