Hospital da Mulher deveria se chamar Comitê Eleitoral 12

O Hospital da Mulher na Área Itaqui Bacanga está teve suas funções alteradas pela Prefeitura Municipal de São Luís. Agora o prédio funciona como uma espécie de Comitê do prefeito Edivaldo Holanda Jr. E isso com a ajuda do governador Flávio Dino.

Para garantir mais visibilidade ao hospital, que diuturnamente é apresentado como referência nacional, duas carretas foram estacionadas no acostamento da BR-135. Uma das carretas abriga a Ouvidoria Móvel e outra um Programa Mamógrafo Móvel.

20161017_073551

Chamar a atenção: a única explicação convincente para o estacionamento das duas carretas

As duas carretas poderia ter sido estacionadas em vias que ficam no entorno do hospital. Contudo, para fins de propaganda a ação não seria tão relevante. Nada, absolutamente nada, pode justificar o estacionamento de uma carreta

A ação do governo em parceria com a prefeitura apenas expõe ainda mais a irresponsabilidade do governador e do prefeito na busca pelo voto que garanta a reeleição.

A disposição destas duas carretas no acostamento do Hospital da Mulher coloca em risco a segurança de motoristas que trafegam no local e das mulheres que usam o Hospital da Mulher.

Estacionar em acostamento é infração considerada gravíssima no Código de Trânsito Brasileiro. Ou seja: o governo está descumprindo uma lei que tem como principal meta a proteção de motoristas e pedestres.

Além disso, a área na frente do hospital ficou comprometida. Os veículos diminuíram o espaço para as pessoas. Portadores de necessidades especiais e pessoas como mobilidade reduzida irão ter o acesso dificultado pela ação atabalhoada de Edivaldo Holanda Jr e Flávio Dino.

Abaixo um vídeo da flagrante irresponsável do governador e do prefeito.