Grupo terrorista ameaça Bolsonaro e ministros

O grupo autointitulado “Sociedade Secreta Silvestre” tem feito, nos últimos dias, ameaças de ataques a bomba ao presidente Jair Bolsonaro e os ministros, incluindo Damares Alves e Ricardo Salles.

Na última sexta-feira (17), a revista Veja teve acesso aos documentos da investigação contra a tal “Sociedade Secreta Silvestre”, incluindo as ameaças que foram registradas por meio de um endereço eletrônico.

A divisão antiterrorismo da Polícia Federal tem investigado o grupo em busca de seus integrantes.

Vale ressaltar que o grupo assumiu a autoria da bomba caseira colocada na porta de uma igreja próxima ao Palácio do Planalto.

Os investigadores classificam o caso como ‘extremamente graves’ e que ameaça à soberania nacional.