Gastos de Flávio Dino com o ano novo favorecem militantes do PCdoB

dino

Militante do PCdoB, Leci Brandão foi chamada para o Reveillon pelo camarada Flávio Dino.

1 – poderia, assim como estão fazendo outros governadores e prefeitos,enxugar a máquina administrativa, inchada com a nomeação de camaradas do seu PCdoB;

2 – poderia também – assim como estão fazendo governadores e prefeitos –evitar gastos com as festas de fim de ano, poupando recursos para enfrentar, ao menos, o primeiro trimestre de 2017.

Mas ao contrário dos colegas governadores, Flávio Dino não fez nenhuma coisa,nem outra.

Ao invés de cortar gastos com pastas desnecessárias e cargos que apenas abrigam militantes do PCdoB, ele preferiu “meter a mão no bolso” da população para que ela pague a conta.

E ao contrário do que fez seus colegas gestores, ele vai gastar nas festas de Ano Novo quase R$ 220 mil para pagar cachê de artistas de fora. 

Já está certo o show do sambista Jorge Aragão, com cachê de R$ 163,6 mil; e de Leci Brandão, que vai receber R$ 55,2 mil.

Leci Brandão é deputada estadual do PCdoB em São Paulo, camarada de Flávio Dino, portanto.

Em outras palavras, o governador forçará o povo maranhense a bancar seus companheiros de partido.

É assim que age o governo comunista do Maranhão.