Flávio Dino deveria agradecer Bolsonaro por queda do dólar

O governador Flávio Dino (PCdoB) não vai, é óbvio, mas deveria agradecer ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) pela recente queda do dólar.

Explica-se: em dezembro, o comunista reclamou de a moeda norte-americana haver batido R$ 3,91 às vésperas de o Maranhão pagar parcela de empréstimo em moeda estrangeira.

“Dólar a 3,91 impacta fortemente quem tem dívida nesta moeda. Infelizmente é o caso do Maranhão. E estamos pagando no nosso governo. Próxima parcela será dia 20 de janeiro, de aproximadamente R$ 180 milhões”, reclamou o governador”, declarou (reveja).

Com duas semanas de governo Bolsonaro, o dólar caiu a R$ 3,71.

Mas a conta de Dino aumentou: segundo ele, os R$ 180 milhões com dólar a R$ 3,91 viraram R$ 200 milhões com o dólar mais barato.

Pode?!