Flávio Dino descumpre decisão judicial e nega cirurgia de criança de apenas 14 dias

A mãe de um recém nascido de apenas 14 dias, que está internado na UTI neonatal do Hospital Materno Infantil, denunciou o descaso do governador Flávio Dino, que descumpre decisão judicial e nega a transferência do paciente para fazer o tratamento em outro estado.

Sobre o caso, a mãe do pequeno João Neto desabafou e pediu que o Governo do estado faça algo pelo seu filho. “Nem mesmo a liminar foi cumprida. Até agora, não fizeram nada. Pra mim, o mais importante é a saúde do meu filho e eles, infelizmente, não fazem nada”, disse Luzia.

Entenda o caso

João Neto é uma criança de apenas 14 dias que tem a síndrome da hipoplasia do coração esquerdo, que é um defeito congênito em que o lado esquerdo do coração está subdesenvolvido.

A família já ingressou na justiça e conseguiu decisão favorável em que o Governo do estado fica obrigado a garantir o tratamento fora de domicílio.

Apesar disso, o governador Flávio Dino negou a transferência da criança, que segue internada na UTI e corre risco de morte.