Esquerda sai em defesa de direção do PSL no MA

A possibilidade de que o PSL se torne, verdadeiramente, o primeiro partido de direita no Maranhão ligou o sinal de alerta na esquerda do estado. Blogs e sites, que costumeiramente denigrem a imagem do presidente Jair Bolsonaro e do ministro Sergio Moro, encamparam uma campanha de defesa da atual direção do partido, representada pelo vereador Chico Carvalho.

Carvalho é acusado de usar a legenda para benefício próprio e de frear a ascensão de jovens lideranças bolsonaristas e direitistas no partido. Nos últimos meses foram intensificadas as criticas à direção estadual do partido. Junto da insatisfação da militância, chegou às mãos da direção nacional da legenda um dossiê com informações sobre a atuação de Carvalho no estado.

A revolta de setores conservadores no partido e a possibilidade de que a legenda seja entregue a conservadores de fato unificou a esquerda no estado que trabalha diuturnamente pela manutenção de Carvalho na direção da legenda.

A estratégia encontrada pela esquerda é tentar passar a ideia de que a direção do partido está sob ataque da “extrema direita” e de que o vereador, conhecido estadualmente por suas manobras, é uma “vítima” e verdadeiro representante do bolsonarismo no estado.

Veja o que diziam antes:

O fato de que os sites e blogs que defendem Carvalho atacarem Jair Bolsonaro com virulência deixa escancarada uma verdade inconveniente: a manutenção do vereador na direção do partido é de interesse daqueles que tentam deixar o Maranhão fora da onda bolsonarista no estado.