Empresários pressionam Temer para evitar dólar abaixo de R$ 3,20

SÃO PAULO – Preocupado com a desvalorização do dólar, um grupo de empresários pediu ao presidente interino, Michel Temer, na última quarta-feira (24), que o governo não deixe a moeda americana cair abaixo de R$ 3,20, para evitar prejuízos para as empresas exportadoras. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Segundo a reportagem de Valdo Cruz e Gustavo Uribe, o peemedebista teria respondido que sua equipe não permitirá um “derretimento” do dólar que venha a atrapalhar as exportações brasileiras, mas não se comprometeu com metas claras para o valor da moeda. Do outro lado, a equipe econômica faz questão de lembrar que o câmbio é flutuante, com possibilidades de intervenções no mercado pelo Banco Central.

Assessores presidenciais dizem que o ideal seria que o dólar ficasse na faixa de R$ 3,10 a R$ 3,20. Eles acreditam, no entanto, que, após o julgamento final da presidente Dilma Rousseff, a moeda americana chegue a valer algo entre R$ 2,85 e R$ 2,90 em um primeiro momento. Depois, voltaria a subir, ficando acima de R$ 3.

temer