Edilázio lamenta suspensão de especialidades em hospitais do Maranhão

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD), lamentou nesta terça-feira (06), na Câmara Federal, a situação da saúde pública do estado do Maranhão. Em apenas um mês, mais de sete especialidades foram encerradas pelo Governo do Estado em hospitais de referência na capital e nos municípios do interior.

Edilázio citou, em discurso, como exemplo, a suspensão de neurologia para atendimento de crianças com microcefalia no Hospital Juvêncio Matos, em São Luís; o encerramento de Ortopedia, Urologia e Tomografia, em Pinheiro; o encerramento de neurocirurgia, em Coroatá; e o encerramento de atendimentos em Pediatria, em Santa Inês.

“É com muita tristeza que venho externar o que está ocorrendo com a Saúde pública do estado do Maranhão que tem como governador, o senhor Flávio Dino. Só no mês de julho encerrou-se o atendimento e especialidade em todos esses hospitais. É lamentável”, disse o deputado.

Ele cobrou a retomada dos atendimentos e disse que vai fiscalizar a Saúde Pública no estado.