Difusora impulsiona convenção do PCdoB; disso o governador não reclama

Márcio Jerry se beneficia do império midiático de comunistas e pedetistas

No início da semana aliados do governador Flávio Dino (PCdoB) comemoram em tom de deboche uma liminar da Justiça Eleitoral que obrigava a TV Mirante a entrevistar o comunista com o “objetivo de dar tratamento isonômico” a disputa eleitoral. Contudo, o governador se faz de cego, mudo e surdo em relação à atuação da TV Difusora do pré-candidato ao Senado Weverton Rocha (PDT).

Nesta sexta-feira (27), o pré-candidato a deputado federal e presidente do PCdoB, Márcio Jerry, utilizou um telejornal matinal da Difusora para fazer uma convocação aos eleitores a participarem da convenção dos partidos aliados do governador marcada para este sábado (28). A entrevista mostrou claro favorecimento da emissora afrontando o “tratamento isonômico” cobrado pela Justiça, afinal, por enquanto, ninguém do grupo de Roseana Sarney recebeu convite para ocupar o espaço e a convenção do MDB ocorre no domingo (29).

Ele foi até para as redes sociais mostrar

Chama a atenção que Flávio Dino, responsável por fazer tantas cobranças por um tratamento igualitário da TV Mirante aos políticos, fica calado quando o império midiático do seu pupilo só falta rodar jingle comunista em cada encerramento de telejornal tamanha a babação.

Fica provado: coerência não é um adjetivo que descreve o caráter do governador Flávio Dino.