Dez mortos significa que ninguém morreu

Insegurança é a palavra que marcou o primeiro ano do Governo Flávio Dino, que falou em TV Nacional que iria retoma a autoridade do Estado no dia 1° de janeiro de 2015. E até agora nada.

Só aumentou a insegurança e a onda de violência no Maranhão. Foram inúmeras mortes que ocorrem no ano passado. Imagina como será este ano?

Para se ter ideia, dez corpos deram entrada no IML (Instituto Médico Legal) no primeiro feriado prolongado do ano, entre o dia 31 e 1° de janeiro de 2016.

Mas para o governador está tudo bem. Aliás, como ele mesmo tem dito “há avanços reais na Segurança Pública do Maranhão”.

Segurança só se for no Palácio dos Leões, onde está cercado por uma equipe de policiais, que até quando vai à praia lhe acompanham.