Deputada Eliziane Gama não enganou seu eleitorado!

Circulam na internet depoimentos de eleitores da deputada, e futura senadora, Eliziane Gama que lamentam seu apoio ao PT e a Fernando Haddad. Bem, apenas pessoas desinformadas  desconhecem a trajetória recente de Eliziane Gama.

Não é de hoje que a deputada do PPS abraçou causas de esquerda. Dizer que ela fez isso na penumbra é mentira. Eliziane nos últimos anos deixou claro de que lado está na política: e esse lado é a esquerda.

Durante a campanha o maior slogan de Eliziane foi o enfretamento de “homens brancos e da elite”. Alguém acha que isso é slogan que diverge da esquerda? Essa divisão das pessoas entre sexo e classe social? Esse incentivo ao revanchismo? Desde quando isso pode ser considerado postura conservadora?

Eliziane fez campanha para Flávio Dino, um homem branco da elite maranhense. Talvez o maior expoente da esquerda nacional no futuro em caso da vitória de Jair Bolsonaro. Alguém mesmo achava que depois de eleita ela negasse o chefe de seu grupo político?

Eliziane integrou a REDE Sustentabilidade de Marina, um partido assumidamente esquerdista. Hoje ela integra o PPS, partido que é presidido por Roberto Freire. Um político que admite ser comunista sempre que pode.

A militância de Eliziane Gama por causas progressistas, se colocando quase sempre ao lado de pautas como os famigerados “direitos humanos”, só é surpresa para gente não acompanha a política.

A deputada não enganou seu eleitorado, isso é fato. Quem votou nela achando que estava escolhendo uma defensora do conservadorismo ou dos cristãos errou feio e não foi por culpa e/ou influência dela.

Eliziane será uma senadora alinhada a pautas esquerdistas nos próximos oito anos. Quem votou nela e se diz arrependido por isso é ingênuo e/ou desinformado. A deputada tem inúmeros defeitos, mas esconder sua preferência pela esquerda não faz parte deles.

Se surpreender com ao apoio de Eliziane Gama ao PT é o mesmo que tomar susto quando Weverton Rocha trabalhar pelo fim da Lava Jato.