Depois de espalhar que seria a pedra no sapato de Bolsonaro, Márcio Jerry bate às portas do governo


Dois dias depois de espalhar na mídia maranhense que seria a pedra no sapato do presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal eleito, Márcio Jerry (PCdoB), mudou de posição e foi visitar o Ministério da Infraestrutura. Esteve acompanhando parte da bancada federal e o governador em exercício, Carlos Brandão.

Ao contrário de defender a postura de Jerry, o deputado estadual Adriano Sarney (leitor de Bolsonaro) criticou ferozmente a nova postura do presidente estadual do PCdoB que se aproximou do governo Jair Bolsonaro. Os dois bateram boca na rede social desnecessariamente.

Homem forte do governo Flávio Dino, Jerry tem mostrado gestos civilizados ao conversar mais de perto com os governistas, a exemplo do encontro que teve com o presidente e candidato à reeleição da Câmara Federal, Rodrigo Maia. Tudo leva ao entendimento de que o comunista vai votar no emedebista.

A mudança, na verdade, partiu inicialmente do governador Flávio Dino, que chegou até a oferecer ajuda para o governo Bolsonaro para a construção e reformas de creches no Maranhão, mas foi ignorado.