Congresso analisa possibilidade de tirar o presidente do cargo sem impeachment

Parlamentares estudam a possibilidade de criar um instrumento que possibilite aos eleitores a troca do presidente da República no meio do mandato. O mecanismo, chamado de “recall”, só poderá valer a partir das eleições de 2022.

A proposta deve ser colocada na pauta do colégio de líderes ainda nesta semana. Para valer, ela teria que ser apresentada como como emenda à Constituição.

A proposta, relatada pelo senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), está pronta e tem a simpatia do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e de senadores do MDB, do PP e do PSDB.

Na prática, o texto cria um gatilho para tirar o presidente da República do cargo sem a necessidade de impeachment.

O projeto está pronto para ir a votação no plenário do Senado. Depois, precisa passar pela Câmara.

Como você avalia o governo de Jair Bolsonaro?

Ver Resultado

Carregando ... Carregando ...