Comissão do Senado aprova projeto de Roberto Rocha que cria Frente Parlamentar do Matopiba

Foi aprovada, pela Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) do Senado, na última quarta-feira (21), a criação da Frente Parlamentar do Matopiba, projeto de autoria do senador Roberto Rocha (PSDB), que tem a finalidade de promover amplo debate no Congresso Nacional, com a participação da sociedade civil e diversos segmentos.

A proposta visa aprimorar a legislação federal para atuar em defesa e promoção da região que contempla o bioma Cerrado dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia.

A iniciativa do senador maranhense impacta o desenvolvimento econômico e as questões ambientais nos quatro estados nordestinos, uma região que responde por grande parte da produção brasileira de grãos e fibras. O Maranhão ocupa 32,77% do território do Matopiba, sendo o Sul do estado a região de maior produção de grãos.

“A oficialização de um plano de desenvolvimento para essa região dará novo impulso para a economia no Sul do Maranhão. E vamos lutar para que esse crescimento tenha reflexos diretos no desenvolvimento social e qualidade de vida para a população”, afirmou o senador Roberto Rocha.

O Matopiba é composto por 337 municípios e, de acordo com dados da Embrapa, possui 324 mil estabelecimentos agrícolas, 46 unidades de conservação, 35 terras indígenas e 781 assentamentos de reforma agrária, um quadro que retrata a importância da união de esforços proposta com a criação da frente parlamentar.

A matéria segue para a Comissão Diretora do Senado.