Câmara abre processo de impeachment contra Marcelo Crivella

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro decidiu nesta terça-feira, 2, por 35 votos a 14, abrir uma comissão para processar o prefeito Marcelo Crivella (PRB), acusado de crime de responsabilidade.

Com a decisão, uma comissão será formada com três vereadores sorteados para analisar o processo e terá até 90 dias para apresentar um relatório. Quando concluído, o documento será levado para votação em plenário. O prefeito terá dez dias para apresentar sua defesa, após a publicação da admissibilidade no Diário Oficial.

Prefeito Marcelo Crivella

Prefeito Marcelo Crivella

Crivella é acusado de ter cometido um crime de responsabilidade por supostas irregularidades na renovação de contratos de mobiliário urbano em 2018, algo que teria favorecido as empresas OOH Clear Channel e JCDecaux. O pedido de impedimento foi feito por Fernando Lyra Reys, fiscal da Secretaria de Fazenda. Para a abertura do processo era necessário que uma maioria simples — a metade mais um do quórum presente — se pronunciasse a favor.