Bolsonaro tem a chance de melhorar a sua imagem perante o Congresso

Na quarta-feira (20) foi encaminhado ao Congresso a PEC da previdência, que pode ser vista como uma oportunidade dupla do presidente Bolsonaro em melhorar a sua imagem, tanto no campo politico, como também no campo  econômico.

No campo econômico, a reforma da previdência é  mais aprofundada, quando se compara com a proposta feita pelo ultimo governo (Michel Temer), que depois foi dissolvida pelo Congresso Nacional. A PEC da previdência do governo Bolsonaro, prevê R$ 1,1 trilhão em economias ao longo de uma década. Caso entre as propostas para as Forças Armadas, a economia pula para R$ 1,2 trilhão.

Já no campo politico, a oportunidade do governo está na negociação da reforma. Se o governo souber administrar a agenda, poderá reverter a sua imagem, que foi abalada devido aos episódios Queiroz e Bebianno.

A PEC da previdência, para alguns analistas, a reforma não é tida como a melhor. Porém, se encaixa dentro das circunstâncias políticas que país se encontra. Entende-se ainda, que a chance PEC da previdência ser diluída pelos parlamentares é mínima. E poderá se tornar mais rígidas, já que muitos parlamentares querem incluir na reforma militares, policiais, agentes e professores.

Caso seja aprovada a reforma da previdência, o Brasil estará caminhando para o lado oposto do abismo fiscal.