Bolsonaro rejeita mudanças no teto de gastos

“É preciso preservar a emenda constitucional que estabeleceu o teto de gastos“, afirmou o presidente da República, Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira (05).

De acordo com Bolsonaro, modificar a regra seria “abrir uma rachadura no casco do transatlântico”.

Em mensagem na rede social Twitter, na manhã desta quinta-feira, Bolsonaro disse ser necessário preservar a Emenda do Teto, reduzir despesas e combater fraudes e desperdícios.

“Ceder ao teto é abrir uma rachadura no casco do transatlântico. O Brasil vai dar certo. Parabéns a nossos ministros pelo apoio às medidas econômicas do Paulo Guedes.”

Na quarta-feira (03), o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, disse que Bolsonaro defendia uma mudança no teto de gastos porque a tendência é o governo nos próximos anos ficar sem recursos para as despesas da manutenção da máquina pública.