Bolsonaro anuncia a Operação Lava Jato da Educação

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (15) em sua rede social que seu governo dará  início à “Lava-Jato da Educação“.

Um acordo formal foi selado nesta quinta-feira (14), entre o Ministério da Educação, comandado pelo Ministro Ricardo Vélez Rodrígues e pelo Ministério  da Justiça e Segurança Pública, comando pelo Ministro Sérgio Moro. O  alvo da “operação lava jato da educação”, é investigar indícios de corrupção e desvios na pasta e suas autarquias nas gestões anteriores. Farão parte também da iniciativa o ministro Wagner Rosário (Transparência e Controladoria Geral da União) e André Mendonça (AGU), com a presença do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo.

Por meio de nota, o MEC informou que constatou vários indícios de corrupção em governos anteriores. Informou ainda que há indícios de irregularidades no  ProUn, Pronatec, sistema S, universidades federais e na concessão de bolsas de ensino à distância.

Depois do comunicado do presidente, as ações de Educação na Bolsa brasileira reagiram em baixas. Kroton ON (-6,21%) e Estácio (-5,20%).