Assessoria do MP dá sua versão sobre caso Castelo

A Assessoria do Ministério Público entrou em contato com o blog para explicar os últimos acontecimentos em que uma notícia antiga foi publicada no site da instituição e repassada a jornalista como sendo nova.

De acordo com os responsáveis, o que aconteceu foi um erro individual. Após constatado, vários e-mails foram enviados pedindo que a mensagem fosse desconsiderada. Também foram realizadas ligações a jornalistas e órgãos de imprensa. O blog checou as informações e contatou que são verídicas. Houve movimentação da assessoria para tentar “frear” a notícia.

Acontece que até agora, quase uma semana depois do acontecido, nenhuma nota foi publicada no site do próprio Ministério Público. Além do mais, os responsáveis não souberam explicar porque a absolvição de João Castelo na primeira sentença é excluída sistematicamente de todas as matérias que se predispõe a “explicar o caso”.

Só o futuro irá dizer se o que existiu foi perseguição ou erro individual.

Estamos de olho.