Aprovação de Bolsonaro sobe de 26% para 39% em São Luís

Eleito com 26,7% dos votos dos eleitores de São Luís, o presidente Jair Bolsonaro (PSL), segundo levantamento do JPesquisa, divulgada pelo Jornal Pequeno nesta quarta-feira (17), é avaliado positivamente por 39% da população da capital maranhense, o que significa dizer que aumentou em mais de 12% sua aceitação desde a eleição. Já o governador Flávio Dino manteve o mesmo percentual da eleição e o prefeito Edivaldo Holanda caiu.

De acordo com a pesquisa, que ouviu 1.001 pessoas entre os dias 1º e 14 de julho, os que reprovam o governo de Jair Bolsonaro em São Luís são 56%, ou seja, 17% a menos dos 73,26% que o rejeitaram nas urnas, optando por Fernando Haddad (PT).

Esta é a primeira avaliação do governo federal na capital maranhense, e os números mostram que a avaliação positiva do presidente é bem melhor do que na avaliação nacional, pois nos levantamentos do Ibope e do Datafolha, ele é aprovado por 32% e 33%, respectivamente por cada instituto, pelo povo brasileiro.

Os números servem ainda de combustível para os partidários de Bolsonaro, pois indica que ao contrário da eleição para governador, quando pouco influenciou no desempenho da candidata Maura Jorge (ex-prefeita de Lago da Pedra), pode transferir votos suficientes para provocar um segundo turno a alguém do PSL ou outro partido aliado.

Governador – A pesquisa mostra também que a popularidade do governador Flávio Dino (PCdoB) mantém-se praticamente inalterada. Reeleito em 2018 com 55,81%, ele é bem avaliado por 55% dos entrevistados do JPesquisa. Os que reprovam seu governo são 42%, enquanto 3% não sabem ou não quiseram responder.

Com relação ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), sua avaliação caiu mais de 13% na comparação com a votação obtida no segundo turno de 2016. Ele foi eleito com 55,81% contra 46,06% de Eduardo Braide (PMN) e hoje é bem avaliado por 42%. O seu governo é reprovado por 56%, enquanto 2% não sabem ou não responderam.