Adriano Sarney eleva o tom contra comunismo no Maranhão  

Na última década o debate político no Maranhão se resumia a duas etapas distintas: comunistas batiam e sarneístas apanhavam ou, se preferirem, comunistas gritavam e sarneístas silenciavam. Ao que tudo indica estes serão tempos reservados ao passado. Na tarde de hoje o deputado estadual Adriano Sarney (PV) arregaçou as mangas e partiu para cima de um dos líderes do comunismo no Maranhão, o deputado federal eleito Márcio Jerry.

Tudo começou quando Adriano decidiu alertar o ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, em relação a uma reunião realizada com o governador em exercício Carlos Brandão e membros da bancada estadual na Câmara Federal. Entre eles o deputado federal eleito Márcio Jerry (PCdoB).

Talvez acostumado a bater sem ter o devido revide, Márcio Jerry decidiu dar um chega pra lá em Adriano.

Os dois debateram por alguns minutos. Enquanto Adriano denunciava o oportunismo do comunista ao festejar uma reunião com membro do governo Bolsonaro, Jerry lançava mão na velha cantilena de atacar a Família Sarney com os velhos jargões de sempre.

O debate foi encerrado quando Adriano fez essa constatação e reafirmou que iria seguir denunciando os comunistas todas as vezes que eles tentassem aproximação com o governo Bolsonaro.