Maura Jorge cobra explicação de Dino por suposta omissão no Macrorregional de Imperatriz

A pré-candidata ao governo do Maranhão, Maura Jorge (PSL), cobrou uma explicação do governador Flávio Dino (PCdoB) sobre a morte do idoso Agostinho José Ferreira, de 64 anos, por suposta omissão de socorro no Hospital Macrorregional de Imperatriz, ocorrida no último sábado 7.

“Até quando teremos que ler notícias como essa? A gestão descompromissada com a coisa pública está matando pais e mães de família diariamente no Maranhão. Revoltante constatar que o direito mais importante do cidadão, que é o direito à vida, está sendo usurpado dos maranhenses. Consternada com essa tragédia. Meus pensamentos e orações estão com a família de José Ferreira. Não há nada mais a dizer”, declarou.

A denúncia de omissão foi feita pelo o enteado da vítima que divulgou um vídeo no momento em que José Ferreira veio a óbito. “Acabou de morrer porque se recusaram a atender. Chegou vivo aqui, mas morreu na porta”, diz o enteado no vídeo.

O secretário de Saúde Carlos Lula teve uma atitude no mínimo deselegante, para não dizer cruel, ao publicar outro vídeo nas redes sociais contestando a família e chamando a denúncia de fake news.