Libertação de Lula seria pesadelo para eleição de Flávio Dino

Em maio de 2014 o PSDB de Aécio Neves oficializou apoio ao candidato Flávio Dino. Na ocasião o tucano era tido como provável futuro presidente e o comunista viu na aliança inusitada duas possibilidades: aumentar o tempo de televisão e ter passe-livre no futuro governo.

A PRIMEIRA TRAIÇÃO: Flávio Dino apoiou Aécio Neves publicamente em 2014. Tucano quase tira o PT de Lula do poder. Tucanos são contra a libertação de Lula.

O fato é que Flávio Dino passou longos oito anos caracterizando o PSDB como tudo aquilo que havia de mais nocivo na política nacional. O ato, na época, foi visto como traição para com o PT.

Em maio de 2018, há exatos quatro anos de seu primeiro ato de infidelidade, Flávio Dino convocou a esquerda a desistir da candidatura de Lula e abraçar Ciro Gomes. Mais uma fez a deslealdade do comunista irritou os petistas.

Em meio de 2018 Flávio Dino descartou Lula e o PT pela segunda vez. Ciro é contra a libertação de Lula.

Na semana passada a ex-governadora Roseana, indo na contramão do oportunismo de Flávio Dino que sempre opta por caminhos que deixem o PT de Lula em segundo plano, manifestou apoio ao ex-presidente. Poucos dias se passaram e uma decisão do desembargador Favreto quase livra Lula da cadeia.

Flávio Dino deve ter entrado em pânico.

A volta de Lula ao cenário nacional iria implodir a aliança do comunista com Ciro Gomes e o PDT. Também iria força-lo a ter que se desculpar pela traição. Um cenário completamente desconfortável.

Até o Democratas que capitaneou o impeachment de Dilma tem mais espaço no governo do comunista Flávio Dino do que o PT de Lula. Partido é contra a libertação de Lula.

Já pelo lado de Roseana, a soltura do ex-presidente iria deixa-lo mais próximo da influência de José Sarney. Não é mistério para ninguém que foi com Roseana que o PT viveu seu apogeu no Maranhão ocupando secretarias de grande destaque e influência política até então inédita. Situação que não se repetiu com Flávio Dino.

O governador comemorou, vociferou e comemorou publicamente a quase liberdade de Lula. Mas, o fato é que, caso ele pense no caminho mais fácil para sua reeleição, a prisão de Lula é uma excelente notícia.

Lula preso é um alívio para os traidores de Lula.