“No segundo turno, o governador perde”, diz Sarney sobre eleição no MA

O ex-presidente José Sarney (MDB) fez um prognóstico otimista para a oposição sobre a eleição deste ano no Maranhão.

Em entrevista à coluna Roda Viva, do jornalista e escritor Benedito Buzar, o emedebista garantiu que haverá segundo turno.

“Trata-se de uma questão aritmética e não de política”, destacou. E, segundo ele, “no segundo [turno], o governador perde”.

Para Sarney, o governador Flávio Dino (PCdoB) tem governado sem oposição, que é criada tão somente por ele próprio.

“A única [oposição] que existe é ele mesmo, governando desgovernando, andando para trás. Saímos do crescimento para o atraso”, disse.

Na avaliação do ex-presidente, é possível uma união das oposição num segundo turno contra o comunista.

“Todos têm um inimigo em comum: o governador e o forte ideal de lutar contra o medo, a vingança e a cultura do atraso”, completou Sarney, para quem o governo atual traz a marca do “passadíssimo”.