Jefferson Portela pode ser a última carta na mão de Flávio Dino

A turbulência causada pela Operação Pegadores teve dois efeitos dramáticos para o governo de Flávio Dino: a Lua de Mel entre a população maranhense e o governador Flávio Dino acabou e a certeza de uma reeleição fácil pela classe política a cada dia parece menos certa de si.

O governo passa por seu pior momento. Isso não é opinião, é fato! O governador e sua equipe precisam fazer algo para estancar a sangria.

Mostrar trabalho é o melhor remédio para qualquer tipo de desconfiança do povo contra políticos. Como Flávio pode fazer isso sem grandes obras em curso, sem tempo para isso, sem grandes feitos nos últimos três anos para serem mostrados?

Há cerca de um ano das próximas eleições, a tarefa de consertar os rumos do governo não apenas parece, como é árdua.

Na saúde o cenário é evidente em si mesmo. Muito difícil que agora alguém no setor tenha cabeça para algo além de evitar a cadeia. Na educação a reforma de escolas não deu o resultado esperado. Por mais que seja tratado como uma unanimidade do governo, Felipe Camarão vive apenas de fama. Seus resultados são muito pequenos em relação ao que dizem dele. Na infraestrutura o pouco tempo, e a possibilidade de mais operações da Polícia Federal, deixam as coisas complicadas.

Sobra, vejam só, a segurança pública. A explosão da criminalidade no governo atual pode ser a grande oportunidade para o governo atual. A pauta é ótima e seus resultados positivos são inquestionáveis.

Como se trata apenas de uma prestação de serviço, não são necessárias grandes obras e nem investimentos vultuosos. Agora que o secretário Jefferson Portela já assumiu que não irá aparelhar o cargo para tentar uma eleição, deve-se acreditar que as coisas serão mais baseadas em resultados práticos do que eleitorais.

Não há tempo para grandes obras e nem grandes programas, mas Flávio ainda pode ser lembrado como o governador que combateu o crime, que resgatou bairros das mãos de traficantes (conquistados no governo dele), que desbaratou quadrilhas de assaltantes. Enfim, pode ser o governador da segurança pública.

E tudo isso está nas mãos do próprio Flávio Dino e do secretário Jefferson Portela.

Qual sua opinião sobre o governo de Flávio Dino?

Ver Resultado

Carregando ... Carregando ...