101 pedidos de anistia são indeferidos pela ministra Damares

Foram negados nesta quinta-feira (02), pela ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, 101 pedidos de reconhecimento de anistiados políticos. As portarias comunicando os indeferimentos foram publicadas no Diário Oficial da União.

O indeferimento de pedidos é parte da política adotada pelo governo de Jair Bolsonaro de tornar mais rígida a concessão de benefícios a pessoas que se disseram perseguidas ou prejudicadas durante a ditadura militar.

Damares anunciou em março que o governo seria mais rigoroso na apuração de quem tem ou não direito à anistia. A declaração da ministra foi feita após ela negar outros 265 pedidos de anistia no mesmo período.

Na lista de requerimentos negados há trabalhadores que foram demitidos do Arsenal de Marinha. Alguns já faleceram e os respectivos requerimentos foram apresentados post mortem por seus parentes.